quinta-feira, 4 de maio de 2017

Padre João Antônio Baraniecki partiu para casa do Pai

A morte não é nada. Eu somente passei para o outro lado do Caminho. Eu sou eu, vocês são vocês. O que eu era para vocês, eu continuarei sendo... Eu não estou longe, apenas estou do outro lado do Caminho” (Santo Agostinho).
Região da Mãe da Misericórdia do Rio de Janeiro, da Sociedade do Apostolado Católico, com muito pesar informa o falecimento, no dia 4 de maio de 2017 do padre João Antônio Baraniecki, pároco da paroquia de Nossa Senhora dos Navegantes no Rio de Janeiro.
Pe. João Antônio nasceu no dia 2 de janeiro de 1954 em Starczów, Polônia. Entrou na Sociedade do Apostolado Católico onde em 8 de setembro de 1976 fez a sua primeira consagração. Foi ordenado Sacerdote no Seminário Maior Palotino em Ołtarzew no dia 2 de maio de 1981. Logo depois da ordenação em 1983 chegou ao Brasil, onde foi por muitos anos pároco em Itaperuna (paroquia de São Bendito), Niterói (paroquia de Nossa Senhora de Fatima, Largo de Batalha) e nos últimos anos em Nossa Senhora dos Navegantes no Rio de Janeiro. Durante esses anos foi também diretor espiritual dos nossos seminaristas no Rio de Janeiro. Sempre gostava de trabalhar com os coroinhas. Nos últimos anos estava trabalhando no complexo da Maré, entre os mais pobres e estava muito feliz. Na última terça-feira celebrou 36 anos da ordenação sacerdotal.

O velório acontecerá durante o dia 05 de maio, na Paróquia Nossa Senhora dos Navegantes no Rio de Janeiro, a partir das nove horas da manhã. Ao longo do dia, os padres celebrarão diversas missas.
Às 19 horas o Cardeal Dom Orani celebrará a Santa Missa nesta paróquia juntamente com outros os padres. O velório continuará durante a noite.
No dia seguinte, pela manhã do dia 06 de maio, o corpo do Pe. João Antônio será levado para a Paróquia Nossa Senhora de Fátima – Largo da Batalha / Niterói, onde será velado e haverá uma Santa Missa às nove horas da manhã.
Às onze horas o querido Pe. João será sepultado no Cemitério Parque da Colina, no jazigo dos padres Palotinos.


Padre João Antônio, vá em paz, vá com Deus! Obrigado! Lá do céu olhe por cada um de nós, por nossa Região. Que a mãe da Misericórdia abra seus braços e acolha este filho. E na confiança da fé dizemos: Dai-lhe Senhor o descanso eterno, e a luz perpétua o ilumine. Descanse em paz! Amém.

2 comentários:

Joel Rodrigues disse...

Sem palavras e com o coração partido!

Tinha muito carinho por ele (e ainda tenho em meu coração) e pegava no pé dele para ele se cuidar. Pedia até ajuda aos demais padres e irmãos palotinos para que cuidassem dele.
Nossa última conversa foi antes da última Missa dominical celebrada por ele. Conversávamos como de costume sobre a celebração e ao mesmo tempo que eu o questionava sobre sua saúde e ríamos muito ao falar de algumas dificuldades paroquiais.
Perguntei se ele queria alguma coisa para a Santa Missa que estava para começar, ele me perguntou se eu poderia fazer a homilia no lugar dele. E falei para ele que ele mesmo deveria fazer, pois o Senhor precisava falar através dele.
Voltei a ressaltá-lo sobre a minha grande preocupação com a saúde dele e ele me contou que tinha feito, naquela semana, uma cirurgia de reparação da catarata de seu olho esquerdo. E eu o perguntei: "E o que o Senhor está fazendo aqui, pois deveria estar descansado!". Quando ele deu àquela balançadinha de mão, dizendo que não estava ligando, entendi tudo através de uma linda música: "Só por Ti Jesus, quero me consumir, como vela que queima no altar!".
Voltei a perguntá-lo se ele queria alguma música ou coisa em especial para a Santa Missa, já que o Evangelho falava dos discípulos de Emaús. Ele falou que queria uma celebração bem simples.

Como convivido com ele durante estes 8 anos, em que apenas com os olhares nós nos comunicávamos, de modo que até entendia o que ele queria fazer ou que cantássemos, e, principalmente, durante esta nossa última conversa, o Senhor me ensinou através desse sacerdote que: devemos ser simples e nos dedicar ao serviço do Senhor.

Meu amigo, pai espiritual e Pe João, descanse em paz nos braços do Senhor. Saudades.


"A morte não é nada.
Eu somente passei
para o outro lado do Caminho.
Eu sou eu, vocês são vocês.
O que eu era para vocês,
eu continuarei sendo.

Me deem o nome
que vocês sempre me deram,
falem comigo
como vocês sempre fizeram.

Vocês continuam vivendo
no mundo das criaturas,
eu estou vivendo
no mundo do Criador.

Não utilizem um tom solene
ou triste, continuem a rir
daquilo que nos fazia rir juntos.
Rezem, sorriam, pensem em mim.
Rezem por mim.

Que meu nome seja pronunciado
como sempre foi,
sem ênfase de nenhum tipo.
Sem nenhum traço de sombra
ou tristeza.

A vida significa tudo
o que ela sempre significou,
o fio não foi cortado.
Porque eu estaria fora
de seus pensamentos,
agora que estou apenas fora
de suas vistas?

Eu não estou longe,
apenas estou
do outro lado do Caminho...
Você que aí ficou, siga em frente,
a vida continua, linda e bela
como sempre foi.

(Santo Agostinho)"

Genecy Gomes disse...

aos irmãos palotinos a nossa solidariedade através das orações. Neste domingo de Jesus Bom Pastor, rendemos graças a Deus pela grande missão de Padre João Antonio. Em Niterói, nós tivemos a graça da unidade e do seu belo testemunho de vida fraternal.

São Vicente nos abençoe e nos guarde unidos na missão.

Unidos em oração,

Pe Genecy Gomes Rodrigues