sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Eleição do Reitor Regional

O Conselho Geral aprovou o resultado da eleição do Reitor Regional da Região Mãe da Misericórdia (RJ): Pe. Zbigniew Lewandowski – Reitor Regional. Rezemos pelas eleições dos novos conselheiros. O novo Conselho inicia o seu mandato no dia 1 de janeiro de 2017.

Que Nosso Senhor o ilumine para que possa "Reavivar a Fé e reacender a caridade", no coração de muitos coirmãos. Que Maria, Rainha dos Apóstolos, Nosso Fundador São Vicente Pallotti, beatos Mártires Palotinos e beata Elisabeta Sanna intercedão pelo novo governo da Região.

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Semana da saúde e cidadania

A Paróquia de Odivelas estar a viver uma semana da saúde e cidadania realizada pelo concelho de Odivelas. 



A presença de nossos paroquianos voltados para a saúde e o bem estar social de nossa cidade!!! Estes são o cartão de visita da paróquia em favor da obra de misericórdia que e estar dedicados aos doentes e necessitados. Uma forma de mostrar a acção social da através do carisma palotino! A presença, na Semana da saúde e cidadania, de nossos paroquianos de Odivelas que estão voltados para a saúde e para o bem estar social dos cidadãos de nosso Concelho!!! Obrigado aos paroquianos por serem o cartão visita da paróquia em favor da obra de misericórdia e dedicados aos doentes e necessitados.

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Noite de emoção nos 23 anos do Coral

Emoção. Esta palavra define a noite deste sábado em nossa comunidade que contou com um programa bem especial: o recital em comemoração aos 23 anos do Coral da Divina Misericórdia. O evento realizado na paróquia/Centro Pastoral também contou com a presença do Coral Israelita do Brasil.
Paroquianos e convidados apreciaram um repertório recheado de louvores religiosos e canções populares nacionais e internacionais, sob a regência dos maestros José Vallone Feo, pelo Coral Divina Misericórdia, e Abrahão Rumchinsky, pelo Coral Israelita Brasileiro. O coral convidado abrilhantou a noite com canções em hebraico que louvavam o Deus dos ancestrais comuns a judeus e cristãos, além de canções tradicionais da histórica cultura judaica.
Terminadas as apresentações, os integrantes do coral da Divina Misericórdia renderam homenagens a alguns dos seus, chamando-os um por vez ao altar para presenteá-los com uma lembrança preparada com grande carinho. Em seguida, a grande surpresa da noite. Pe. João recebe uma homenagem da Câmara Municipal do Rio de Janeiro, sendo condecorado com a medalha Pedro Ernesto, reservada a cidadãos de destaque de nossa sociedade.

FONTE: http://www.santuariodamisericordiarj.org.br/noticias/296-noite-de-emocao-nos-23-anos-do-coral

Pe. Juliano responsável pelos jovens da vigararia Loures – Odivelas

O Sr. Bispo diante do Vigário Episcopal e aos demais padre do conselho nomeou o Pe. Juliano Silva como responsável por cerca de 800 jovens da vigararia de Loures-Odivelas.
Como conta o Pe. Juliano, os padres da vigararia ficaram animados por verem um padre - segundo eles 'um padre jovem' - voltado para a juventude de Loures-Odivelas e de ser a ponte entre os jovens de cada uma das paróquias que integram a Vigararia. Pessoalmente, neste novo ano pastoral que acaba de ser iniciado, fico feliz por agora começar realmente um trabalho que gosto muito - e que fazia quando estava na Arquidiocese de Niteroi, RJ- Brasil como accessor da juventude do vicariato Oceânico - em servir a juventude da Igreja de Nosso Senhor. Conto com as orações! São Vicente Pallotti e São Joao Bosco sejam nossos intercessores nesta missão!

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

XXI Assembleia Geral

Do dia 19 de setembro até 15 de outubro de 2016, acontece um evento muito importante para toda a Sociedade do Apostolado Católico, ou seja, a XXI Assembleia Geral: 65 delegados de todo o mundo palotino estão reunidos em Ariccia, na casa de retiros Divino Mestre localizada em cima do Lago Albano, para discutir questões vitais para a Sociedade do Apostolado Católico, guiados pelas palavras do nosso Santo Fundador, São Vicente Pallotti, que também é o tema principal: “A regra fundamental da nossa Congregação é a vida de nosso Senhor Jesus Cristo“.







A nossa Região Mãe da Misericórdia é representada pelo Pe. José Rodrigues Filho – Superior Regional, Pe. Artur Karbowy – delegado, Pe. Stefan Kajfasz – tradutor.






O lema, relacionado com o tema principal, foi retirado da Carta aos Hebreus 3,1: “Irmãos Santos, participantes da vocação celeste, fixai bem o olhar para Jesus, o Apóstolo e Sumo Sacerdote da fé que professamos”.






Confiamos na intercessão de Maria, Rainha dos Apóstolos, do nosso Santo Fundador e dos nossos Beatos. Confiamos que Eles implorarem para nós todas as graças de que necessitamos, de modo que os passos de nossa peregrinação nos aproxime da “vida de nosso Senhor Jesus Cristo.”

Para acompanhar o desenvolvimento da XXI Assembleia Geral está disponível o site www.sac.info/21ag.

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Abertura do ano pastoral em Odivelas

Em Setembro, a vida retoma o seu curso geral, após o chamado “tempo de férias”. Também na paroquia do Santíssimo Nome de Jesus em Odivelas, começou o novo ano pastoral 2016 – 2017.



A Santa Missa foi presidida pelo Pe. Zeca e concelebrada pelo Pe. Juliano. Foi uma celebração em ação de graças e bênçãos de envio a todos que assumiram de alguma forma uma ação pastoral. Foi ressaltado na oração que todos os evangelizadores são enviados por Jesus Cristo - nosso Mestre, Caminho e Vida; sendo Ele  o "Enviador" temos que nos empenhar mais e trabalharmos para maior Glória de Deus e não para a nossa glória.




O Novo ano pastoral 2016-2017 só pode ter como plano e programa, no que toca ao essencial, alcançar uma catequese, uma liturgia e uma ação sociocaritativa, conforme as palavras e as atitudes que Jesus, há dois mil anos,  inaugurou o Reino. Reino que a ressurreição garantiu para sempre e a vida dos cristãos assinala e oferece. Um Reino assim só filialmente se alcança, pois a Deus pertence e por Deus se estende. Se progredirmos na aprendizagem do Pai Nosso, experimentaremos e faremos experimentar bem mais a realidade plena do Reino de Deus. 

domingo, 18 de setembro de 2016

Beatificação de Elisabete Sanna

O Cardeal Angelo Amato, Prefeito da Congregação das Causas dos Santos, presidiu em nome do Papa neste sábado (17/9), em Codrongianos, na Ilha italiana da Sardenha, à celebração Eucarística de Beatificação de Elisabete Sanna, leiga viúva, Terciária da Ordem de São Francisco e integrante da União do Apostolado Católico (UAC), fundada por São Vicente Pallotti.

Elisabete nasceu em Codrongianos, na Sardenha, em 1788, e morreu com fama de santidade em Roma, em 1857. Logo após a sua morte, sua fama aumentou de forma extraordinária. São Vicente Pallotti foi seu diretor espiritual por 18 anos.

Superação
Há quatro meses da sua morte, em 15 de junho de 1857, teve início a sua Causa de Beatificação. Elisabete foi acometida pela varíola três meses após o nascimento e não pode mais levantar os braços: movia os dedos e os pulsos, mas não podia levar a comida à boca; não podia fazer o Sinal da Cruz, nem se pentear, lavar o rosto, trocar de roupa. Em compensação, podia fazer pão, conseguindo assim criar e educar cinco filhos.

Apesar do seu problema físico, casou-se e teve sete filhos dos quais dois morreram muito cedo. Elisabete educou e deu catecismo a seus filhos e às crianças do seu município. As portas da sua casa eram abertas a todas às mulheres que queriam aprender cantos litúrgicos e orações.

Vida espiritual
Com a morte do marido, depois de 17 anos de casamento, ela assumiu a responsabilidade familiar e domiciliar e cresceu na vida espiritual. Com a reflexão das homilias quaresmais, quis partir como peregrina para a Terra Santa. Não podendo receber o visto, resolveu ir em peregrinação a Roma.

Tendo-se agravado seu problema físico, dedicou-se à assistência aos descartados, sem-teto, enfermos, pobres e órfãos das Casas fundadas por Padre Pallotti; levava a paz às famílias, convertia os pecadores, assistia os moribundos e era sacristã da sua paróquia. Acompanhou o desenvolvimento do Instituto fundado pelo Padre Vicente Pallotti, a Congregação dos Palotinos, por 22 anos, até à sua morte em Roma, aos 69 anos de idade.

Aos poucos, a presença da Comunidade Palotina estendeu-se por todos os continentes e, atualmente, trabalha em mais de 40 países, entre os quais o Brasil.

FONE: http://br.radiovaticana.va/news/2016/09/17/beatifica%C3%A7%C3%A3o_de_elisabete_sanna,_leiga_vi%C3%BAva_italiana/1258478